Páginas

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

hm.. Imaginei

Perdoe-me Manoel Bandeira, não vou a Pasárgada
porque meu mundo perfeito é aqui, na minha cabeça
e devo dizer que não faltam defeitos
mas as qualidades fazem com que eu me esqueça.
Aqui existe tudo que eu quiser e ainda mais
porque crescer não significa deixar de ser criança.
Precisamos de tristeza pra reconhecer a felicidade
precisamos de pessoas para depositar esperança.
Só vivemos o que é bom porque o ruim contrasta:
claro e escuro, salgado e doce, dor e carinho
perfeição é aprender, viver, viver, sonhar, viver...
debaixo da beleza da rosa há sempre um espinho.
Perfeição é viver da imaginação
ser e acontecer do jeito que quiser
já que um pouco de mimo não faz tão mal
mesmo sabendo que depois dê pra se arrenpender.
Perfeição é a coragem da loucura
e a pitada de burrice da genialidade
a vontade de abraçar o mundo com o coração
e fugir com tudo da realidade.
Vivian Pinto
Porque quando me falam de mundo perfeito, não penso em nada além de tudo que sonho, afinal de contas, o que seriam os sonhos senão a nossa própria perfeição?
Parto do pressusposto de que a perfeição é tudo, inclusive os defeitos, já que se gosta das coisas pelo que elas são e não pelo que elas poderiam vir a ser. Pra achá-la é só usar a imaginação. Nes't pas PARFAIT? *-*

3 comentários:

jefhcardoso disse...

Eu diria mais, Vivian. Eu diria que a sua terra é em você, e Bandeira certamente lhe entenderia, pois é intensa, menina. Parabéns

http://jefhcardoso.blogspot.com

deh ramos disse...

Que bonito! Acho que também nao iria a Parságada, ou qualquer ou lugar assim. Pois sao lugares já feitos, imaginados por outrem..

Larissa disse...

Oh Vivi, que coisa mais gostosa de se ler. As palavras dançam pelos meus olhos, que me tiram qualquer palavra para comentar aqui. rs
Venho porque gosto do que leio, porque me encanta de verdade.

Nunca pare de escrever, por favor.
Um beijo.