Páginas

domingo, 27 de setembro de 2009

as rusgas do meu coração amassado

eu tive a pouco uma inspiração
mas ela sumiu a maneira que surgiu: do nada
e agora é como se as palavras me puxassem
mesmo que minha criatividade esteja acabada
eu ja postei isso antes, de outro jeito
mas é como se nunca antes houvesse feito.
E do nada me bateram saudades extintas
irritantes, fluminenses, lindas
odiande mesmo é um coração nostálgico,
sempre lembrando de coisas já findas.
Será que se soubessem diriam que sou fraca?
Ou talvez eu seja apenas indecisa
indecisa, do jeito que alguém precisa
ou talvez algum dia há de precisar
me perdi na poesia com um só olhar
não posso mais me expressar
acabaram-se minhas rimas
se acabou meu coração amassado
Vivian Pinto

3 comentários:

~*rafasonehara disse...

espero que suas
rimas não tenham acabado
pq amo todas elas!!!
beijooooos
:*

Buba. disse...

Se acabaram as rimas? Espero que o seu coração não se acabe também. Tão lindo a poesia!

Iana Esmeraldo disse...

*--* mesmo sem a criativadde sua poesia é linda ;;