Páginas

domingo, 10 de maio de 2009

inconstantemente em mutação


Mas que sentimento é esse? Eu sei que minhas dúvidas enchem o saco de qualquer um, mas eu quero saber, por que eu nunca sei nada sobre o amor? Quando eu acho que tá tudo perfeito eu tomo um baque e meus sentimentos se abalam como um prédio em meio a um terremoto. Eu sempre gostei demais de um menino, mas nem sempre ele mereceu tanta atenção assim, até que um dia ele tentou e conseguiu atingir algumas espectativas. Mas depois o mesmo menino que me fez a maior declaração me decepcionou totalmente. Como alguém tão sensível pôde ser tão, insensível? Como? Bem dizia o poeta que: ''tão contraditório a si mesmo é o amor''. Não precisava ser assim, mas é. Porém, do outro lado da moeda eu tenho um menino que não é lá um doce de pessoa, mas que de um jeito ou de outro sempre dá um jeito de dar um sorriso que me anima, um abraço que me deixou mais segura e mais feliz, simplesmente, comigo ele é sim um doce de pessoa, só comigo. Agora eu pergunto: Faz sentido eu ter dúvidas?

Nenhum comentário: