Páginas

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

2O1O


É rapaz, mais um ano passou rapidinho pelos meus olhos. Acordei em janeiro,fui dormir e já era dezembro, e que ano foi esse... como sempre, MUITA coisa aconteceu rs'
fiz meus 15 aninhos, me inspirei e perdi a inspiração tantas vezes que nem sei! Coisas estranhas aconteceram, briguei com pessoas que nunca pensei em brigar, perdi de vez quem eu nunca imaginei que perderia por pensar que as pessoas sempre voltam, mesmo que elas possam partir, e cara, só eu sei o quanto eu sentirei falta. Conheci pessoas novas, pontos de vista novos, loucos, fascinantemente irresistíveis. Enquanto muitas amizades foram fortalecidas, outras eu ás vezes senti escorrerem pelos dedos, feito areia, mas eu espero conservá-las para sempre sem medo de exagerar no tempo. Chorei, e coooomo chorei, com (des)gosto , é isso aí, exageradamente, como nunca imaginei, aguentei barras que nunca pensei aguentar e não sei bem se me orgulho disso. Amei demasiadamente, apaixonei-me loucamente, fui adolescente pela primeira vez na vida. Aliás, acho que esse é o primeiro ano que posso dizer plenamente que cresci. É, em 2010 eu cresci, e isso é sim assustador. Encarei medos e finais, me descuidei um pouco dos estudos e não me orgulho disso kkk' Vivi emoções novas e cheguei a conclusão de que a vida nos engole se a gente não ficar ligado. Me arrependi demais de muita coisa, mas se o ano recomeçasse, faria tudo outra vez. Se é verdade que sofrer vicia, viver também. Assim como todo poeta, tenho a minha alma tomada por versos, uma vontade louca de aprender, viver, ser feliz ou viver tentando, nada melhor do que VIVER. Tudo bem que esse ano não foi nota máxima, mas ano que vem pode ser, não pode? Vamos nos jogar, achar novos sonhos e (re)aprender a voar, porque a felicidade é o nosso combustível, e o amor são nossas asas. (:
Obrigado pela paciência comigo nos meus ataques de piti, nos chororôs, nos desabafos e nos momentos de felicidade, sem cada um de vocês daqui do blog não valeria a pena, não seria possível sorrir hoje em dia. Obrigado Ceci por não me matar sempre que eu mereci, obrigado Carol por me aturar desde que eu sou um cotoquinho, a Vanessa e a Larissa por não me esquecerem e é claro, a TODOS VOCÊS, que me apoiam e me dão força mesmo sem saber. Desculpem por qualquer erro bobo, esquecimento digno de mundo da Lua, repetição e essas besteiras que eu costumo fazer.
E que venha 2011 o/

4 comentários:

cecilia disse...

Ano passou rápido demais,porém foi tão intenso, poderíamos dizer que foi o mais.
Ah mais ele foi bom né?valeu a pena!
Obrigada vivi por estar mais esse ano presente comigo e fazendo eu rir sempre e ooh só não te mate ainda não pq não mereceu mas sim porque tenho que te ver ainda,depois quem sabe hehehe
Que 2011 seja sim o melhor de nossas vidas (yn)
Beijão

Larissa disse...

O ano passou depressa mesmo. Achei que para as pessoas à toa, passaria mais devagar. Mas vendo o ontem, passou muito rápido. Até parece que foi ontem que me mudei para o RJ. rs Mas é isso, vivendo e aprendendo, aproveitando cada momento, como se fosse o último. Depois dos 15 anos, é um pulo para os 18, viu? haha
E, de agora pra frente, as coisas tendem a melhorar. E não deixe de aproveitar para estudar. Conselho meu, haha. E quando você sair da escola, tu vai entender o que eu tô falando.
E eu venho aqui hoje agradecer por todos os textos que você escreveu. Muitos deles couberam direitinho na minha vida, ou melhor, ainda cabem.

E que venha 2011. rs
Um beijo.

deh ramos disse...

No meu também aconteceram muuuitas coisas; Ultimo ano do colégio, vestibular, espera de resultado (que só vem em janeiro), idas e vindas da vida.. Ai, sabe quando vc se sente cansada e só quer descansar? Eu to assim. Uma exaustão só. Vontade de fazer nada.. Pior que nem isso eu consigo, rs; Beijao, vivi (:

Rebeca Amaral disse...

Vixe, que 2010 badalado esse seu, rs. Bom, o ano passou tão rápido que ainda nem acredito que tá acabando. E num gosto de sentir isso não, parece que não controlei direito o meu tempo, deixei de fazer tanta coisa. Mas é isso... que venha 2011 pra fazermos tudo o que ainda falta!

Um beijo, flor.