Páginas

terça-feira, 20 de julho de 2010

Farewell :?

Sei que não tenho vindo aqui e queria mesmo me desculpar e informar: não sei se venho mais, pelo menos não por enquanto. Serei sincera: vou sentir saudades, vou MORRER de saudade de vocês, mas não dá pra contiuar vindo aqui agora. Já disse uma vez pra vocês e repito: as poesias são sentimentos passados pro papel, e eu não consigo escrever nada. Sempre consegui me organizar, pensar, mas não estou conseguindo. A única coisa que me vem na cabeça são perguntas sem resposta, frases sobre a esperança e a dor que ela pode causar, sobre a dor que os sonhos podem causar, mas eu sei no fundo que essas frases mentem, não quero passar esse tipo de coisa pra ninguém, não quero passar mentiras. Acontece que, apesar de me encntrar diferente, deixei uns pedacinhos de mim por aí, tiraram aguns pedacinhos de mim por aí também. Quero me reencontrar. Preciso me reencontrar.
O blog tem tantas lembranças boas, lindas: fiz grandes amigos aqui, vi grandes escritores se tornarem cada vez melhores, sempre melhores, desejo tudo de bom pra todos, e quando lançarem seus livros e ganharem prêmios, me esperem na fila dos autógrafos, porque todos aqui tem capacidade (:
Desculpem por não ter vindo antes, mas é que eu estava esperando tudo ficar menos pior sabe. Bom, queria mais uma vez me despedir, desejar o melhor pra todos e dizer que, se eu conseguir, eu volto. Quem quiser deixa o orkut ou o msn, de lá eu não vou sumir. Até lá :*
Pra não perder o costume:

A esperança é a dor mais linda do ser humano
linda, sem ela não há vida que resista
paradoxal, com ela não há dor que não exista
veja só que sentimento insano
essa tal esperança de que tanto ouço falar
me dizendo que pra se viver é preciso sonhar.
Vivian Pinto

8 comentários:

deh ramos disse...

poxa, vivi! fiquei tao triste agora..

esses contatos blogosféricos sao tao estranhos, nao é? e eu também nao sou lá um bom exemplo porque me apego às pessoas com muita facilidade, especialmente quando se trata de palavras. ai ai, e as suas sao tao lindas..

saiba que eu desejo que tudo volte ao seu lugar, tanto a sua volta quanto dentro de ti. às vezes, é necessário mesmo a gente parar e olhar o "in". esquecer um pouquinho o mundo (:

prefiro acreditar que é apenas uma vírgula e logo estarás de volta. pontos finais sao demasiadamente tristes e eu prefiro te imaginar com um sorriso, nada de lágrimas.

por falar nisso, adoraria te dar um abraço agora..

beijoos, querida!
fica com Deus.

msn: lari_sramos@hotmail.com
orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=15585422145545503597

Rebeca Amaral disse...

ah, flor. juro mesmo, vou morrer de saudades de te ler. nossa, seus poemas iluminavam meus dias, tão doces, tão puros.
mas eu te entendo, sabe. eu sei que vai ser melhor pra você, esperar a dor passar.
eu te entendo. só espero que voltes o mais rápido que puder.

estou aqui, te esperando, viu?
ah, e nunca perca a esperança!

Beijo grande!

ticoético disse...

Querida,gostaria muito de saber o que anda escrevendo,espero que logo volte a brincar com as palavras como sempre fez,enquanto não volta,sentirei falta,mas te digo uma coisa,nunca é tempo demais,ok?! agradeço por tudo que me falaste e o carinho que ofereceu,te dedico inteiramente igual,um abraço bem forte.

Para cartas virtuais: nauhr_nalla@hotmail.com

mente inconstante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mente inconstante disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
mente inconstante disse...

Meu comentário vai ser sucinto, tamanho é meu desapontamento: NAO ACREDITO! :(

Larissa disse...

Demorei tanto a passar aqui e quando cheguei, vi que já tinha ido.
Forças Vivi, aguente. Tudo voltará a ser como era - ou talvez melhor.
Se for para se reencontrar, tome o tempo que quiser, mas saiba que deixará muitas saudades.

Cuida-te e sabe onde me encontrar :)
Um beijo.

mente inconstante disse...

Fico esperando que vc volte. Cade vc? :/