Páginas

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Eu tento aprender

na escola ouvi um comentário no documentário (com o perdão da rima fora de hora) que me intrigou, foi extremamente ''quebrante'', aqui está ele: '' eu pensei, eu devia ser assim? Não, devia ser como ela!'' quebrante porque tipo, por que uma pessoa não gostaria de ser o que ela é? Posso estar sendo hipócrita, porque até eu já quis mudar de lugar sabe, eu já quis ser mais magra, mais bonita, mais inteligente... por enquanto estou me aceitando bem RS a questão é que a menina era uma das pessoas obesas nos EUA, e ela disse que olha as revistinhas deles lá e vê aquelas modelos e aqueles corpos quebrantes (amei essa palavra) que fazem qualquer menina real babar. Menina real? É, menina real, porque pra mim as meninas reais são as que eu conheço, convivo e vejo na rua batalhando, estudando e não tentando serem magras a todo custo (sem preconceitos com modelo, profissão que admiro muito, mas falo das pessoas que fariam de tudo para serem magras). Aquela menina pode ser obesa, mas ela pode tenta melhorar sem querer ser outra pessoa, porque talvez ela seja mais do que uma super mega golden plus maníaca por magreza, ela é mais. Pra mim o simples fato de ela querer melhorar a faz ser mais, porque não é a todo custo. Uma coisa me revoltou porque conheci pessoas na posição dos obcecados e fiquei triste, a pessoa tem que ser o que ela é /minha opinião. Entrei no fato do modelo de beleza, mas já vi tanta gente querendo ser o que não é, sem se valorizar, em tudo, não só nisso. Aquele comentário de certa forma me fez pensar em como eu reclamo de barriga cheia, em como todos os reclamões/cricris reclamam ser ter do quê. Isso me fez pensar em valorizar mais do que eu já valorizo minha vida como ela é. Pense nisso, não parece mas é assunto sério, você se aceita??

Um comentário:

deliriosdeumamenteconfusa disse...

nesse assunto mandou super bem hein vivi?!
obrigada pelos comentários.
sim,eu me aceito,na minha opinião as pessoas tem que melhor,mas não em corpo,em beleza,porém em mente,em alma.
ah já esquecendo,eu moro em campinas interior de SP
bjão