Páginas

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Insônia

Não acordei bem hoje,

nem dormi pra dizer que acordei
a noite inteira apenas passei tempo
e pra não dizer que nada fiz, pensei.

Não me senti bem com o que li hoje,
pois olhei e sem querer me achei
e pra não dizer que sou insensível,
o texto estava lindo, e chorei.

pois não me diga que sou exagerada,
sei muito bem aonde errei!
Errei justamente porque não sei de nada
mas valeu a pena porque amei.

ainda amo, mas me sinto inútil
ao invés de ajudar, desabei
não posso nem ao menos voltar atrás
nem dizer que te ajudei.

Nunca gostei de despedidas,
mas se essa for sua vontade, a farei
mas se algo estiver ao meu alcance
podes ter certeza de que te impedirei.

E não se engane, ficarei no seu encalço
e nunca, jamais a deixarei
sempre te chamo e te espero pra voltar,
e se um dia quiseres ou precisares, te abraçarei
como nunca antes fiz
mas sempre quis.
Vivian Pinto
Mamãe diz que eu sou paranóica, dramática, imaginativa e cismada. Vovó diz que gosto de sofrer. Goso é de escrever, e certas coisas mesmo que tristes, nos inspiram não é? Não cito nomes, não é preciso, apenas repito o qe sempre digo: eu te amo e estarei sempre aqui pra você. Mas pra deixar implícito (falo mermo kk), somos super iguais as mulheres da foto né? :')
beijos!

Um comentário:

cecilia disse...

Depois disso amizades se fortalece,o que seria da vida sem a dor?ela sinceramente inspira...
Bjão vivi